terça-feira, outubro 31, 2006

JOANA NA SELVA


Breve aqui espetacular relato dos perigos vividos por Joana nas selvas da Carolina do Norte.

quarta-feira, outubro 25, 2006

Subject: desprezo

From: waldir lau
To: joanalau@gmail.com
Date: Oct 25, 2006 7:45 PM
Subject: desprezo

por que vc está me rejeitando? vc não me considera mais seu pai?
tá com nojo de mim porque sou um mulatinho sul-americano?
o mundo pra vc agora se divide entre os que tem e os que não tem green card?
vc já viu aquela filme, cumé que chama mesmo, da mocinha branca tem uma mãe
que é preta e pobre e morre de vergonha dela?
vc nem liga mais pra maldição do raio que vai cair sobre a minha cabeça, se
vc não escrever no blog?

vou embora porque tá trovejando muito e vai cair a maior chuva.
----------
From: Joana Lau
To: waldir lau
Date: Oct 25, 2006 7:51 PM
Subject: Re: desprezo

paaaaaara pai!!!!!!!!! juro que nao tive tempo de escrever ainda!!!!! eu estou viciada em lost, e estou com pouco tempo para outras coisas alem de trabalhar, comer e me enrolar no sofa com cobertor e assistir lost! nao faz chantagem emocional!! o nosso blog esta abandonado, ninguem comenta.... tadinho... que filme eh esse da mae preta? nunca ouvi falar... eu nao tenho vergonha de pai preto nao! negao eh a ultima moda por aqui! nao vai cair raio na sua cabeca porque postarei esse email no blog agora!!

TOMÉM QUERO

O PT do Maranhão apóia Jackson Lago, candidato do PDT, que disputa o governo do estado com a Roseana Sarney, do pefelê. Muito natural.

Pois ontem o Lula tava num palanque em Timom fazendo campanha pra ela. Motivo do apoio? “Em todos os momentos difíceis eles (o clã dos Sarney) me defenderam, enquanto outros tacavam pedras e faziam julgamentos precipitados.”

Interesse do povo, democracia partidária, esquerda? Larga de ser besta hômi!
Vamo aprender com o presidente, negada. Voto é pra quem nos ajuda diretamente. Um par de botinas, meio milheiro de tijolos, consulta de graça, até cafuné: de graça não voto mais de jeito nenhum.

E o que mais me impressiona é que o fato, que há uns dez anos atrás dava até Plantão do Jornal Nacional, hoje seja uma materinha perdida no noticiário político.

*O site do PT noticia malandramente o comício: fala do apoio dela a Lula e esquece de dizer que ele foi lá pra pedir voto pro PFL.
(fui testar o link. a foto do comício continua lá. curiosamente associada agora a um debate de televisão. a matéria safada desapareceu. deve ser o jeito petista de noticiar.)

A FALTA QUE FAZ UM 'K'

A Kaiser, cervejaria com a qual tenho contrato de exclusividade, lançou uma cerveja, a Sol.
Vende que é uma maravilha. Todo mundo adora.

Tinha uma cerveja fabricada em Juiz de Fora, a Chopinho Weiss -a coisa mais horrível que já botei na boca-, que talvez fosse um pouquinho pior.

segunda-feira, outubro 23, 2006

ARITIMÉTICA TUCANO-PETISTA

Os caras que fazem a propaganda do Lula aprenderam porcentagem com o Fernando Henrique, que quando era ministro da Fazenda falou que uma inflação de 50% comia metade do poder de compra do salário.
Uma propaganda de televisão que diz que “o partido do candidato Geraldo investiu 400% menos em programas sociais que o governo Lula”. É o mesmo que dizer que pra cada R$ 100,00 que o Lula gastou, os tucanos roubaram R$ 300,00.
Pra quem não tÁ bem lembrado como se mexe com porcentagem: em 100, 30% menos é 70, 80% menos é 20, 100% menos é 0, 110% menos é –10 e assim por diante.

sexta-feira, outubro 20, 2006

TÔ FORA

EU (foto Luíz Inácio)

Juro que tava disposto a votar no Lula, mas todo dia ele e o lulistas tentam me fazer mudar de idéia. Votar nele vai ser passar recibo de bobo.
Vai parecer que acredito que o Alckmin vai privatizar até o oceano Atlântico;
que existe uma conspiração da imprensa, Ministério Público e TRE –tudo tucano- pra derrubar um governo de esquerda*;
que acredito na quantidade de empregos que ele gerou, quando o próprio Ministério do Trabalho já reconheceu que 45% deles não passou de formalização de postos já existentes (curioso a imprensa alckimista não ter alardeado isso), eu mesmo criei uns 4 numa única noite;
que a estabilidade das instituições depende do sigilo do cartão corporativo da Presidência.

E tem mais: já tô de saco cheio desse assunto e das minhas idas-e-vindas. Manda avisar o povo da minha seção eleitoral que pode fechar mais cedo, não precisa me esperar.


*A Carrie escreveu um troço esclarecedor sobre o assunto.

quarta-feira, outubro 18, 2006

La Science des rêves

olha, eu nao gosto de ficar dando uma de guia cultural, segundo caderno da semana. acho um saco gente que indica filme. mesmo porque eu so confio na opiniao cinematografica de umas tres pessoas. e nenhuma delas escreve em jornal. entao concordo com o leitor que vai achar um saco, la vem essa menina indicando filme. porque geralmente, eh fria. eh tipo aquela coisa sabe, o cara que escuta som alto nunca escuta musica boa? tipo quando vc ta no transito e tem uma caminhonete vermelha no sinal ao lado, com um bombadinho vestindo "wife beater" e oculos da oakley sabe? e ele ta la escutando altissimo uma musica horrivel? o que tem a ver? nao muito, na verdade, agora que eu to pensando.. mas enfim, acho que a comparacao que eu tava tentando fazer eh que toda vez, pelo menos acontece comigo, que alguem vem empolgadissimo me indicando um filme, eh fria. eh, a comparacao nao cola muito, tem razao. enfim, apesar disso tudo, eu queria muito indicar um filme. eh que esse foi o filme mais lindo que vi nos ultimos - muitos - meses. o nome do filme eh "La Science des Rêves", no original, e em ingles "The Science of Sleep". semanticamente gosto mais da versao francesa. nao sei como vao chamar ele em portugues, e nem sei se ja esta em cartaz por ai, mas quando entrar, indico a todos irem ao cinema. nao vou falar mais pra nao estragar a surpresa. e outra, agora mesmo to testando a radio Pandora, na internet, que meu pai me indicou. muito legal.

segunda-feira, outubro 16, 2006

Será que eu tenho pobrema?

Eu ri muito com essa mensagem pra espantar telemarketing.

sábado, outubro 14, 2006

nossa que blog mais abandonadao.. que horror.. calra, volta a escrever aqui comigo!

segunda-feira, outubro 09, 2006

tava lendo na carrie, ai pensei...

acabei de ler o novo post da carrie, onde ela fala dos amish, do shashashaiala (nunca sei o nome dele), de violencia, do medo e do brad pitt. mais ou menos nessa ordem. eu fiquei aqui pensando, porque vivo implicando com minha mae, que tem antipatia mortal de americano e acha que todo mundo nesse país tem serios problemas psicologicos. implico, porque como ja falei varias vezes nesse blog, eu moro aqui, eh aqui que estou tentando fazer minha vidinha e a pessoa que eu mais amo eh um americano. ai fico achando que falar mal dos estados unidos eh meio que cuspir no prato que comeu sabe? mas gente, nao eh estranho que essas coisas malucas, tipo neguinho entrando em escola e matando criancinha, suicidas tarados, psicopatas metodicos, obsessivos homicidas taradoes pedofilos arrancador de tripa pra fazer abajur, sempre vem daqui? tirando o maniaco do parque, que virou celebridade nacional por ser o nosso personal national psycho killer, vc nao escuta muito dessas coisas ai no brasil. e nem em lugar nenhum eu acho. eu fico super traumatizada com esse tipo de violencia esquisita, e desde que vim morar aqui, esse tipo de coisa tem mexido com a minha cabeca de um jeito muito mais forte, como coisas que sempre achei que eram roteiro pra filme do indiano do sexto sentido (ja falei que nao sei falar o nome dele), parecem ser muito mais reais e presentes, muito mais logicas e com mais probabilidade de acontecer. e eu detesto isso! detesto isso nos estados unidos! e o que me preocupa eh que eu acho que por ser um pais com uma imagem que reflete tao fortemente na gente que eh mais singelinho, eu fico com medo da moda pegar, como pega em tantas outras coisas ruins, tipo o hip hop de radio ou o shortinho com bota. ai me perdi, fui atender o telefone e esqueci do que que eu tava falando.. ah, ia falar que eu acho que o problema todo eh que tem dois tipo de pessoa nos estados unidos, basicamente. os que tem a auto-estima, muito, mas muito alta (membros de fraternidades, times de futebol - americano - e lacrosse, alunos das "ivy-league", celebridades, modelos, nova-iorquinos ricos e filhinhos de papai em geral) ou a auto-estima muito, mas muito baixa (vocalistas de bandas de rock alternativa, negros filhos de alcolatras que culpam todo mundo pela escravidao, brancos filho de alcolatras que culpam todo mundo pelo wallmart, molestados, gordos, deprimidos e entediados em geral). ai voce junta esse troco de que todo mundo tem que "lutar" pelo seus direitos de expressao e liberdade, que todo mundo pode falar e fazer e comprar armas do jeito que quiser porque esse eh um pais livre e meus avos vieram pra ca sem nada e eu vou lutar para salvar os valores deles - by the way, normais para o sec XIX, mas meio out pros dias de hoje - a qualquer preco, e vou fazer de tudo para honrar meu povo (?) irlandes, italiano, negro, judeu, ou maluco do caralho a quatro, e nao vou jogar fora o direito que eh meu de agir feito um escroto porque meu pai falou que ele trabalhou a vida inteira entao eu posso fazer o que eu quiser, e saia da minha frente, porque eu sou um vencendor, e porque ninguem eh melhor do que eu , e bla bla bla, ai quem nao eh vencedor, quem nao ganhou todos os milhoes de premios que voce tem que ganhar na escola pra ser reconhecido como uma crianca de oito anos digna de cinco video games de ultima geracao no natal, vai ficar se sentindo o pior ser do mundo, rejeitado pelos amiguinhos porque nao acha bacana jogar baseball. ai eles vao gritar com todo mundo porque tem que aprender que sao capazes de tudo e estao aqui para vencer e ter sucesso. e se voce nao tem hein? imagina a frustacao! eh so sair matando mesmo! ai, nao vou nem falar mais.. esclarecendo, que eu to falando o que eu vejo, o que sei das pessoas que eu convivo, que apesar de muitas vezes serem jovens muito bacanas, me contam historias de seus conhecidos, de suas familias, ou deles mesmos que eu acho super absurdas. e nao acho que brasileiro eh melhor nao, acho que a gente eh fudido em muita coisa.. mas sou muito grata de ter nascido e sido criada em um pais, ou talvez na verdade seja so minha familia, ou meus amigos, ou o meio onde vivi, mas o fato eh que eu sempre me senti livre, com liberdade pra falar, agir, e pedir ajuda aqueles que eu tenho em volta, pra conversar qualquer assunto, pra mudar de opiniao, pra abandonar valores de sempre e achar uns novos, pra depois jogar fora e mudar de ideia de novo, pra tomar bomba na escola e nao ser ridicularizada, pra nao ter que subir no palco e fazer um teatro ridiculo na sexta serie se eu nao quisesse, pra nao gostar de esportes, ou pra adorar coca-cola, pra tomar porre antes de ser maior de idade, ou o que for. nunca encontrei ninguem aqui, que apesar de ter nascido no pais que se julga o mais livre do mundo que tivesse tido metade da liberdade que eu tive. talvez tudo seja diferente em cidades maiores e super culturais, como nova york, ou chicago, los angeles, ou o que for, mas minha experiencia aqui eh numa cidade pequena, comum, sem personalidade, e igual a milhoes e milhoes de cidades no pais. no brasil tambem eh assim, morar em sao paulo nao eh a mesma coisa de morar no interior de minas, mas em todo o caso, sao essas as impressoes que eu tenho.

LULA LÁ

Uma eleição nunca me incomodou tanto quanto este segundo turno.

Já tinha decidido que não votaria no Lula de jeito nenhum. Não suporto o seu cabotinismo, nem ele nos achar otários; não voto em quem beija a mão de ladrão; tenho uma antipatia cada vez maior da arrogância e da cegueira dos petistas etc etc etc.

Mas não desce, ajudar Bornhausen, ACM et caterva (a direita de primeira qualidade, não esses bostinhas que apóiam o Lula pelas migalhas que caem da mesa) a voltar ao poder.
Desisti de comparar números, continuo achando o governo Lula um cu, mas será que conheci algum menos ruim?

E o Alckmin chegando de táxi ao debate, aquela demagogia de vender o Aerolula, os modos, a indignação equilibrada, aqueles fiapos de cabelo arrumadinhos? Me baixou a Geni do Chico que
“Também tinha seus caprichos
E a deitar com homem tão nobre
Tão cheirando a brilho e a cobre
Preferia amar com os bichos.”

Meu voto será absolutamente irracional.

domingo, outubro 08, 2006

Blinkity Blank (1955)

Em 1955, ano em que o Mclaren arranhou esse filme diretamente sobre uma película velada, nem eu tinha nascido (!) e computador era chamado de cérebro eletrônico.
E ainda tem quem ache o Nam June Paik essa coisa toda.

sábado, outubro 07, 2006

Neighbours

obra-prima sobre a escrotidão humana.

AJUDA ÀS UNIVERSITÁRIAS

Meninas, vocês que vivem em salão de beleza, poderiam esclarecer uma placa que vi hoje na porta de um? Era oferecida, entre outros serviços –tipo Xô Celulite, com equipamento francês-, uma tal de Lipo Manual. É isso que eu to pensando: espremem bastante a banha, abrem um buraquinho e apertam até ela sair feito uma espinha gigante?

sexta-feira, outubro 06, 2006

Melhores e Piores

o melhor da semana: o video do didi de maria bethania no blog da carrie e o filme "timechasers" mostrado no programa de tv nerd (em dvd) MST3K.
o pior da semana: o filme que eu vi ontem a noite. chama "dark city", de 1998. morri de vergonha pra ele.

quinta-feira, outubro 05, 2006

TRISTE TIGRE


Todo criminoso comete algum deslize. Vai ficando muito confiante e se distrai.
Com o cachorro, ladrão, corno, chibungo e safado do Tigão não seria diferente. Deu uma bobeirinha e revelou a sua identidade. E já vou avisando, meninas: não revelo a identidade secreta do filho da puta nem como a descobri. Talvez, nos dias em que estiver muito feliz, dê alguma dica.

quarta-feira, outubro 04, 2006

Maysheedo

fui eu abrindo a geladeira planejando um lanchinho. bom, tinha arroz de ontem, com carninha moida de ontem, tinha tambem um feijao que eu fiz e nao deu tempo de comer ontem porque demorou horrores pra cozinhar.. pensei, opa, tem tempos que eu nao como um mexidinho! vou fazer mexido - porque, ok, mexido eh super nacionalista, mas nao sou dessas que precisa de "comida brasileira", o que quer que seja, porque nao moro no brasil. tenho uma antipatia de gente que mora fora e chora de saudades de bis lacta e frango com catupiry! ô pobreza cronica! move the fuck on!! - mas fala serio, um mexidinho de feijao com arroz vai super bem em qualquer naçao, alem de ser baratissimo e nutritivo. ai ta, como eu dizia, fui abrir o teipouér pra pegar o arroz e em vez de arroz, tava lá, um mexidinho todo pronto de arroz, feijao, carninha moida e ovo mexido. fala serio, so faltou a farinha ne! ai voce leitor me pergunta, e dai? e dai gente? voces ai pensando que mexido era fenomeno nacional, ou melhor, "mineiral" e eu no maior acaso descubro que o mike faz mexido! e eu nunca ensinei! ele descobriu sozinho! ah, eu achei bacana, voces eu ja nao sei..

IRMÃ CRISTINA É FODA



Pelo volante dá pra ver que Irmã Cristina, vidente multidisciplinar, não é de capinar sentada.
Agora, posso garantir, que se ela arrumasse um nome artístico, digo, religioso mais nagô-silvícola, dobrava a freguesia. Ao menos eu, se fosse contratar um trabalho na área, certamente escolheria uma Cabocla Jurema ou uma Vó Negra do Congo.

terça-feira, outubro 03, 2006

GÂTEAU AU CHOCOLAT LE MAS DE CHASTELAS

Joca, esse bolo de chocolate é o que há.

500g de chocolate em barra meio amargo
250g de manteiga sem sal
10 ovos grandes separados
¼ de xícara de açúcar
¼ de xícara de farinha

Preaqueça o forno a 205°. Unte com manteiga uma forma de 27cm de diâmetro ou algumas forminhas miúdas.
Derreta o chocolate picado em banho-maria. Retire, junte a manteiga e misture bem.
Bata as claras em neve, até que formem picos.
Bata as gemas com o açúcar até que fiquem espumosas e esbranquiçadas, junte a farinha peneirada e misture bem.
Junte à mistura choco-manteiga.
Misture vigorosamente 1/3 das claras na massa e acrescente o restante com cuidado, mexendo levemente pra ficar homogêneo.
Asse uns 18 minutos e deixe tapado fora do forno mais uns 15. A idéia é que fique um bolo bem cremoso, quase uma mousse.

Calorias por porção (50g): 912585878265 kcal

segunda-feira, outubro 02, 2006

O QUE EU QUERO PARA O BRASIL ?

O Globo de ontem perguntou (?) isso pra um punhado de gente. A Marilia Pêra respondeu:
“Sabe uma coisa que me incomoda muito? Poluição sonora. Todo mundo fala muito alto, carros de som aos berros, isso estressa muito o cidadão. O Brasil precisa ser um país mais delicado na sua sonoridade.”
Nada como se viver num país onde quase tudo já foi resolvido.
Eu, por exemplo, fico incomodadíssimo em não encontrar um bom croissant beurre em nenhuma padaria da Santefigênia.

eu nao to pensando nada que presta hoje!

**nao sei se corro ou se vejo um filminho..
**eh soh eu que tenho namorado que fica bravo se eu mudo a fronha do star wars do travesseiro dele?
**sera que pinto meu cabelo pra dar uma mudada no visual?
**alguem pode me dar uma receita de bolo de chocolate que eu to com desejo?
**nao consegui entrar no site do tse pra justificar. ta ocupado, sera?
**to perdendo tempo divagando em vez de fazer alguma coisa util?
**arrumei um trabalho novo. pedi demissao do "outback steakhouse" e vou trabalhar de garconete num restaurante a dois quarteiroes da minha casa, que quem tem bicicleta em vez de carro pensa assim. vou ganhar mais grana e ter ferias! to empolgada!
**outro dia o mike levantou um pedaco de madeira no quintal e tinha uma cobrinha morando la. quando tem cobra pequenininhas morando no seu quintal, eh sinal de que voce precisa ficar mais urbana?
**van, nao fica brava comigo nao, so estava defendendo a honra da minha irma! to deixando claro que eh pra eu nao ficar com fama de antipatica! eu nao quero fama de antipatica! sou briguenta mas passa rapidinho..
**outro dia tomei iogurte sabor mousse de chocolate. achei a pior invencao do mundo, tem gosto de leite estragado.
**estou procurando um livro alegrinho pra ler. minha ultima investida foi os diarios de kurt cobain. nao, nao funciona pra animar os animos. to precisando trocar, alguem me sugere alegrinhos.
**ai, vou embora

brasil

ola leitores! gente, to super nervosa.. vou pro brasil dia 15 de dezembro e to com complexo achando que ninguem vai nem ligar pra mim. tipo vou ficar ai fazendo nada sabe? tipo vendo jornal hoje, porque nao tenho nada pra fazer a tarde? ai, alguem tem planos bons pro final do ano? me da uma ideia gente! sera que eu vou ter turma quando chegar ai? pai, vc vai fazer pf-inho? ai, que medo de ser daquelas largada que perdeu a nocao e nao combina mais com a galera! ai, me acude... falar em brasil, e as eleicoes? foi pro segundo turno?