terça-feira, novembro 28, 2006

HOJE TEM DOBRADINHA COM FEIJÃO BRANCO E MAIS UM BURACO NA CAMADA DE OZÔNIO


A única vantagem -minúscula, irrelevante- que vejo em não morar na mesma cidade da namorada é poder comer despreocupadamente coisas de altíssimo poder de destruição.

segunda-feira, novembro 27, 2006

ARITMÉTICA FANTÁSTICA

Deu no Fantástico ontem: 70% da população brasileira tem varizes após os setenta anos e na proporção de 1 homem pra cada 10 mulheres. Como a quantidade de mulheres a mais cetamente não é superior a 5%, não consegui entender como isso pode acontecer.

TENCSGUÍVIM


Joana pensa que consegue me enganar. Mandou essa foto dizendo que é do jantar de thanksgiving, pro qual ela fez um peru.
Tudo não passa de uma montagem grosseira:
- a refeição está no início, mas o que seria o peru está completamente destroçado;
- no prato dela tem uma porção de vagens ou um verde parecido;
- a outra menina tá com um copo de leite na frente. Já viu alguém comer peru com leite?
Acha que eu sou bobo, menina?

quinta-feira, novembro 23, 2006

PROJETO DE VIDA

Hoje decidi que todo dia vou comer algo que nunca experimentei (calma, vanzica, tô falando de alimentos). Pode ser qualquer trequinho: bala, biscoito, fruta, bicho, miojo sabor avestruz, bife de soja...
Comecei com comida liofilizada, ontem banana (delícia) e hoje manga (horrivo).

segunda-feira, novembro 20, 2006

Marido corno

sábado, novembro 18, 2006

Chocolate

pai lembrei de voce, comprei uma cixinha de After Eight.

Caras



Utilizo de dois recursos pra me manter informada. a fila do supermercado e o E! channel. Nao adianta as manchetes do New York Times na minha home page do computador, nao adianta as chamadas da BBC no meu descanso de tela. Eu nao leio. Tenho ate vergonha de assumir, mas eh verdade, nao posso mentir, mas o que se passa no mundo nao eh interessante aos meus olhos. tento, ate. mas esqueço. nao presto atençao. sim, eh uma vergonha. Claro que, nao vamos exagera, eu fico sabendo dos assuntos top. Tipo eleiçoes, aviões caindo, ou explodindo, ou gente que morreu e tal. mas nao me pergunte o que esta acontecendo na Libia, na casa branca ou no morro do vidigal, que nao tenho a menor ideia, por mais chocante que seja. Mas, voltando ao começo, por mais que eu nao me interesse pela vida das celebridades, eh inevitavel saber essas noticias. na fila do supermercado, como eu ia dizendo. tem sempre as revistas de fofocas na sua frente, com aquelas fotos das celebridades bem acabadonas na capa. porque eu tenho reparado que uma moda nova eh, em vez de ter fotos bonitas dos famosos, a onda agora eh difamar. aquelas fotos horriveis, do coitado do famoso de ressaca fazendo supermercado de pantufa, e tal. hoje por exemplo, fui comprar leite e descobri que; 1: nicole ritchie ganhou 5 quilos, mas está de volta as drogas. 2: ryan phillip traia reese whiterspoon durante os 7 anos de casamento. 3: britney spears esta de volta, e parece que agora o divorcio eh pra valer. Bosta. ai eu vou trabalhar, quer dizer ver televisao nao casa das criancinhas que eu cuido, porque com elas dormindo daquele tanto nao tem nada pra fazer. e vai ver televisao a tarde! a unica coisa que prende minha atencao eh o tv fofoca. E! channel. eh um horror. mas existe um certo prazer em ver as roupas horriveis que as mulheres mais lindas do mundo cometeram o deslize de usarem uma vez na vida, criticadas por um mundareu de bichinhas que voce nunca ouviu falar. e ver todos os famosos que eram alcolatras aos 9 anos de idade, nao eh o maximo? e o casamento do tom cruise em roma?

quinta-feira, novembro 16, 2006

MAIS UMA VEZ NOVA IORQUE SE CURVA DIANTE DE SANtA EFIGÊNIA


Recomendei pro Gustavo, nova-iorquino da gema e pra Joana, que mora na roça, mas tem Netflix (é isso mesmo?), um dvd que peguei na locadora aqui da esquina. Alguém acredita que lá, na terra dele, ainda não tem “Superman, o Retorno”?
Quem gostar de direção elegante e inteligente, veja.
Aliás, o filme me despertou uma dúvida que já deve ter passado pela cabeça de todo mundo: pra que o Superhome tem uma identidade secreta? É um dos negos mais ocupados do universo -talvez perca apenas pro Santo Antonio e pro Chico Pelúcio. Tem que descer gato de árvore, impedir assalto a banco, segurar trem desgovernado e ainda gastar um tempo enorme –e precioso- pra levar a vidinha do Clark Kent.
A propósito,e tem ou não tem uma confusão dele(s) com Jesus?
E o ator não tá mais pra Superboy?

segunda-feira, novembro 13, 2006

ALMOÇO DE DOMINGO

Definitivamente, o meu maior prazer solitário são os almoços de domingo no Estúdio da Carne.(Normalmente o Bento me faz companhia. Com outro jornal e em mesa afastada. Nosso diálogo não vai alem do ‘boa tarde’ na chegada e o do oferecimento de algum caderno pelo primeiro que cai fora.)
Como sempre a mesma coisa, que eles fazem cada vez melhor. Tudo assado na brasa, simplíssimo e perfeito: o pão de bacalhau crocante e queimando os dedos, recheado com uma pasta bem levinha; as batatinhas com casca parecem um sachê de creme de batatas; as cebolas queimadas por fora e exatas por dentro; a picanha gorda, hemorrágica, mas com casquinha; o torresmo de barriga quase sem gordura como um molho de cachaça cujo gosto final é de figo.
Ontem o almoço fechou com chave de ouro pra mim que olho pro espelho e vejo o corpo do Bituca. Um rapazinho se aproximou, pediu desculpa por interromper a minha leitura e perguntou se eu não queria me sentar com ele e seu amigo -tão bonitinho que deu a maior pena eu não ser viado.

sábado, novembro 11, 2006

A SIMPLICIDADE DA VIDA REAL

A copeira avisou que ia chegar atrasada. Estava com o primo, de 23 anos, na delegacia. Ele foi preso em flagrante por homicídio. O oitavo. Matou um sujeito que insultou um amigo seu. O delegado falou que por 4 mil reais o liberaria -bem menos que os 10 mil da vez anterior. A tia dela vai levar o dinheiro amanhã.

quarta-feira, novembro 08, 2006

HALLOWEEN

ALGUEM ADIVINHA QUEM SOMOS?

LOBOTOMIZOL



Você, como eu, sofre de/por insônia?
Seus problemas acabaram. Tome Imovane, o elixir do Dr. Egas Moniz. São oito horas de sono profundo e ininterrupto e uma manhã seguinte com a certeza de que seu cérebro passou a noite sendo cozido, em fogo brandíssimo, em molho de tomate sem sal -fora o gosto de jiló na boca.
E eu que chamava Noctal de Knockdown...

quarta-feira, novembro 01, 2006

O Jihad, ou Como Minha Casa Foi Invadida Por Insetos Bonitinhos


pediram pra eu contar uma historia aqui. eh a historia do meu Jihad, ou, Como minha casa foi invadida por insetos bonitinhos. Minha casa, eh muito mal feita. ou mal consertada, sei la. o dono comprou ela a uns oito anos e veio reformando devagarzinho ate esse ano. mas ele eh desleixado. as portas sao maiores que os vãos das portas, o chão nao encosta muito bem nas paredes e as janelas tem passagens secretas microscopicas. na foto acima voces podem ver que a minha casa (a parede verde) eh praticamente a unica duma rua que so tem mato. quando mudamos, mais ou menos uma semana depois, as formigas começaram a vir. fui na internet "Carpenter Ants". limpar a casa e eliminar qualquer vestigio de comida nao adiantava nada ja que as formigas tambem andavam a procura de agua e insetos mortos. minha solucao foi passar uma semana investigando ate descobrir por onde elas estavam entrando, a porta da area, e vedar todos os buraquinhos com toalhinhas umidas a principio, duct tape atualmente. Começou ai minha guerra santa para defender meu novo lar dos visitantes indesejados. depois que as formigas sumiram, vieram as aranhas. O mike acha que as aranhas sao amigas, ai que eu nao aguento, porque tenho que matar todas escondido! no meu travesseiro achei uma "daddy long legs", uma aranha nojenta com cabecinha minima e pernas enormes e finerrimas. eh a aranha mais venenosa do mundo, mas completamente inofensiva porque nao sabe morder. mas eh muuuuito nojenta. depois na sala o mike encontrou uma pretinha cabeluda. nem vi, graças a deus. depois disso vejo so pequenininhas fazendo suas teinhas pelos cantos e me acostumei com elas. nem ligo mais e fico feliz de ver insetinhos nojentos capturados nas teias. no banheiro, tava entrando no banho e vi uma minhoca, juro daquelas que vivem debaixo da terra, entrando pela fresta. botei duct tape e enfiei papel toalha em todos os buraquinhos entre o chao e a parede. ai num dia de sol vieram as joaninhas. cheguei em casa e olhei pra porta. mais de cinquenta joaninhas andavam pelas paredes em direçao a entrada. elas nao eram tao bonitinhas, tinha alguma coisa de suspeito, alguma coisa alien nessas joaninhas. elas sao meio grandes, meio desajeitadas, nem totalmente amarelinhas nem totalmente vermelhinhas. uma especie prima feia das joaninhas que eu passei minha infancia guardando em caixinhas de fosforo. nada parecidas com a propria que eu tenho tautada nas costas. sao joaninhas monstrengas. por nao sei onde elas começaram a invadir minha sala de tv. primeiro 4, depois 9, ontem eram 16 no teto. agora no meu quarto ja contei 3. joguei baygon, pisei, esmaguei, nem limpei a teia de aranha da porta pra deixar de armadilha, mas nada adianta. elas gostam das minhas paredes. por uma semana eu tive odio. agora to me conformando. elas nao voam, nao me encostam, nao encostam nos moveis ou roupas, ficam la no teto azul, passeando durante a tarde e somem durante a noite. acho que vao dormir. sera que elas viram a joaninha mae tatuada nas minhas costas e pensam que eu sou a lider? por isso concordaram com esse pacto calado de dividir meu espaço dentro dos limites nunca antes respeitados por aranhas ou formigas? sera que elas irao embora de novo nos dias frios? joaninhas fazem cocô afinal de contas?